Skip to content

Começo bem ruim, meio/fim menos pior (impulso 22/12)

domingo, janeiro 22, 2012

Porque se é para brincar, vamos brincar.
Na minha cama.
Na minha cama de solteiro
Na minha cama de solteiro em que hoje,
deito sozinha.

Porque depois de dias e dias sem dormir, hoje é dia de dormir.
É dia de dormir porque amanhã, apesar de tudo, tenho compromisso.
Dormir.
Dormir, dormir e dormir.
Porque é que diabos as pessoas me vêm com essa de dormir?
Dormir.

Quantas vezes já não escutei:
– Quando eu deito para dormir é que as melhores idéias aparecem (mas deixo passar porque já estou na cama e não vou levantar para anotar)

Poxa, quando semana ou outra me deito para dormir, as idéias realmente vêm.
Me levanto. Anoto (mesmo que depois tenha preguiça de passar para o PC).

E toda noite me lamento.
Me lamento por não morar em um apartamento.
Porque toda noite, 23hs, tenho que fechar minha janela.
Há alguns anos eu dormia olhando para o céu. Hoje durmo olhando para o teto.
Um desespero confinado.
E engole, engole isso, porque aqui isso não funciona.

Grite, grite o mais alto que puder.
Um berro pra ensurdecer.
Um berro tão alto que ultrapasse a genética,
Porque no fim das contas aqueles que deveriam escutar, não escutarão (ou não compreenderão).
É como gritar em mandarin para um público russo.

Mas no fim existe uma linguagem independente de nacionalidades.
E é nela que confio.

Uma linguagem de infinitas possibilidades.
E no fim, é só nessa linguagem que eu cofio.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: